Ervas e especiarias, seja em versões frescas ou secas, podem ser utilizadas em diversas preparações culinárias, agregando sabor e aroma aos mais variados tipos de receitas. Vale a pena contar com esse recurso não só pensando em incrementar seus pratos, mas também em proteger a saúde.

Sabor que faz bem para a saúde

De acordo com especialistas do Ministério da Saúde, ingredientes como alecrim, manjericão, salsa, cebolinha, tomilho, hortelã e orégano são fontes de vitaminas, minerais e compostos bioativos que favorecem todas as funções do organismo ao mesmo tempo em que possuem valor calórico muito baixo.
Já as especiarias podem trazer benefícios que vão desde ação digestiva, anti-inflamatória e analgésica até o famoso efeito termogênico — aquele que ajuda o corpo a queimar mais calorias.

Neste vídeo do iCare, a nutricionista da Care Plus, Dra. Andréa Esquivel fala dos benefícios de ervas e especiarias para a nossa saúde

 

Ervas e especiarias como substitutos do sal
O sal é uma das principais fontes de sódio da alimentação e seu consumo exagerado pode resultar no aumento da hipertensão arterial. No Brasil, a doença é diagnosticada em cerca de 33 milhões de brasileiros.
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a quantidade indicada de sódio na alimentação é de, no máximo, 2g por dia (o que equivale a 5g de sal). Por aqui, estima-se o consumo médio diário de quase 12g de sal por pessoa. Veja que o brasileiro ultrapassa (e muito!) o que é recomendado.
Além de se evitar o consumo de produtos industrializados, uma das dicas do Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde, para reduzir a quantidade de sal das receitas, é optar por quantidades generosas de cebola, alho, louro, salsinha, cebolinha, pimenta, coentro e outros temperos naturais.

Veja mais:

Dieta vegana: como se tornar adepto
Veja como o preparo pode alterar o valor nutricional dos alimentos

Aprenda a fazer o sal de ervas

Quem sofre com hipertensão arterial precisa mesmo reduzir o consumo de sódio para não agravar a doença. Quem está com a saúde em dia deve considerar a ideia de consumir menos sódio para proteger a saúde cardiovascular em geral. Pensando em atender aos dois públicos, o Ministério da Saúde criou o Sal de Ervas, que pode ser utilizado no lugar do sal de cozinha em todas as suas preparações.
Anote a receita: no liquidificador, bata 1/2 xícara (chá) de sal com 1/2 xícara (chá) de orégano desidratado, 1/2 xícara (chá) de alecrim desidratado, 1/2 xícara (chá) de salsinha desidratada e 1/2 xícara (chá) de manjericão desidratado até a mistura ficar homogênea. Guarde em um pote de vidro com tampa e uso no lugar do sal comum. De acordo com o Ministério da Saúde, essa receita ajuda a reduzir o consumo de sal pela metade, além de aumentar o sabor das suas preparações.

Veja mais:

Pressão alta também atinge jovens e crianças
Guia definitivo da saúde do coração

Como usar ervas e especiarias no dia a dia

Uma das profissionais do time de nutricionistas da Care Plus, Dra. Andréa Esquivel, elaborou tabelas práticas com as principais indicações de uso de ervas e especiarias nas suas receitas. Vale a pena conferir e incrementar as refeições com uma dose extra de saúde!

Ervas Frescas Secas
Açafrão Não encontrado Colorir arroz, paellas, molhos, cremes (salgados ou doces), licores
Aipo Saladas, carnes, aves, marinados e sopas Em pó: sopas, carnes grelhados, substituto do sal
Alecrim Carnes, molhos de tomate, pães, peixes vinagres, ensopados, chás, batatas Igual uso, em menor quantidade, pois concentra os aromas. Ervas de Provence
Baunilha em fava Doces, cremes, chocolates, licores, peixes Não indicado
Cebolinha Decoração, carnes, peixes, aves, tortas, molhos Não indicado
Coentro Comida nordestina, mexicana, e ensopados, peixes e frutos do mar Não indicado
Dill Peixes, marinados, comida escandinava Não indicado
Estragão Vinagres, conservas, peixe molhos de tomate, molho Benaise Molhos, peixes e em Ervas de Provença
Hortelã Chás, doces, molho de tomate, peixe, bolo, sucos, licores Chás, molhos, pães
Louro Feijão, lentilha, molho de tomate, marinados, carnes Mesma indicação da erva fresca, pois não sofre alterações marcantes
Manjericão Molhos, peixes, saladas pizza, molho de tomate, marinados, carnes Não indicado
Menta Peixes, chás, chocolate, doces, caldas, saladas, licores Chás e peixes
Manjerona Molhos, marinados, peixes Não indicado
Orégano Peixe, aves, molhos e marinados Pizza, molhos, grelhados
Pimentas Carnes, geleias, chocolate, peixe e ensopados Vinagres, azeites, marinados, peixes
Salsa Molhos, peixes Não indicado
Sálvia Peixes, saladas e comida italiana Ervas de Provença, marinados
Segurelha Molhos, marinados, peixes, aves Mesma indicação da erva fresca, pois não sofre alterações marcantes
Tomilho Arroz, molhos, molho de tomate, feijão, peixes, carnes, aves, grelhados e sopas Igual uso, em menor quantidade, pois concentra os aromas
Condimentos e especiarias Uso em geral Uso moderado
Aneto (endro) Biscoitos, compotas, pães, queijos, picles, licores Em vegetais refogados, batatas assadas, queijos
Anis estrelado Doces e compotas, chás, bolos, biscoitos, comida indiana Molhos, marinados, peixes, aves
Canela Comida marroquina e indiana, doces, cremes, chocolates, licores, chás Peixes, carnes, feijoada, embutidos
Cardamomo Saladas, carnes, aves, marinados e sopas, cafés, bolos e confeitaria Sopas, carnes grelhados, cremes (salgados ou doces)
Coriandro (ou coentro) Comida indiana, marroquina, egípcia, húngara e romena, ensopados e pães Utilizar com moderação sempre
Cominho Carnes, peixes, aves, molhos, embutidos Utilizar com moderação sempre
Cravo Carnes, molhos de tomate, pães, peixes vinagres, ensopados, doces, cremes Bolos, confeitaria, feijoada, marinados de carnes vermelhas
Curry Peixes, aves, pratos indianos e ingleses arroz e molhos Arroz e molhos
Erva doce Pães, doces, biscoitos, chás, carnes Utilizar com moderação sempre
Gengibre Biscoitos, doces, caldas, molhos, carnes, peixes, aves, culinária chinesa, japonesa, indiana, bebidas, licores Utilizar com moderação sempre
Mostarda em grãos, branca e/ou preta Vinagres, conservas, peixe molhos de tomate, marinados, azeites Molhos, peixes, carnes e massas
Noz-moscada Cremes doces, molho branco, batatas, marinados, embutidos Molho de tomate, peixe, molhos, pães e carnes
Páprica doce ou picante Comida húngara, espanhola, goulash, curry, comida árabe e indiana Utilizar com moderação sempre
Pimentas em grãos (preta, branca, verde, rosa) Molho de tomate, marinados, carnes, peixes, molhos, aves, chocolate, grelhados, embutidos Utilizar com moderação sempre
Semente de papoula Pães, bolos, peixes, saladas, pizza, comida italiana, egípcia e tailandesa Chás para bebês (mas com moderação mesmo!)
Zimbro Peixes, saladas e comida italiana, gim carnes, ensopados, embutidos Utilizar com moderação sempre

Quer ver dicas de saúde? Veja mais no blog da Care Plus e assine o canal da Care Plus no Youtube.