A vitamina B12 desempenha um papel crucial na manutenção da saúde geral. Por isso, sua deficiência pode levar a uma série de problemas de saúde e afetar o funcionamento normal do corpo. Compreender os sinais, as causas e o tratamento da falta de vitamina B12 é essencial para garantir uma vida saudável. Então, continue a leitura e saiba tudo sobre a vitamina B12.

 

O que é a vitamina B12?

A vitamina B12, também conhecida como cobalamina, é uma vitamina essencial do complexo B que desempenha um papel crucial no funcionamento saudável do cérebro, do sistema nervoso e na formação de glóbulos vermelhos. Como não é produzida pelo corpo humano, é necessário obtê-la por meio de fontes alimentares ou suplementos.

Além disso, ela é fundamental para o metabolismo das células, ajudando no processo de divisão celular e na síntese de DNA.

 

4 benefícios da vitamina B12
 

1. Saúde do sistema nervoso

A vitamina B12 desempenha um papel fundamental na saúde do sistema nervoso, pois auxilia na manutenção das bainhas de mielina, que protegem os nervos e promovem a transmissão eficiente de impulsos nervosos.

 

2. Produção de glóbulos vermelhos

Essa vitamina é essencial na formação adequada de glóbulos vermelhos, contribuindo assim para a prevenção da anemia e garantindo a oxigenação de todos os tecidos do corpo.

 

3. Melhoria da saúde cardiovascular

A vitamina B12 ajuda a reduzir os níveis de homocisteína no sangue, um aminoácido cujos níveis elevados estão associados a um risco aumentado de doenças cardiovasculares.

 

4. Melhoria da saúde mental

A vitamina B12 está ligada à função cognitiva, por isso, pode desempenhar um papel na prevenção de condições relacionadas à saúde mental, como a deterioração cognitiva relacionada à idade e à depressão.

 

O que causa a falta de vitamina B12 no organismo?

A deficiência de vitamina B12 ocorre devido a certos fatores que limitam a absorção pelo corpo. Mas, uma das principais causas é a falta de ingestão adequada de alimentos que contenham vitamina B12, especialmente em dietas vegetarianas e veganas. Além disso, condições médicas como anemia perniciosa, doença de Crohn, ou uso prolongado de certos medicamentos podem dificultar a absorção dessa vitamina pelo organismo.

Outros grupos de risco para a deficiência de vitamina B12 incluem os idosos, principalmente aqueles com gastrite atrófica e indivíduos que passaram por cirurgias gástricas.

Outro grupo de risco que podemos citar são os bebês de mães veganas. Isso ocorre porque bebês alimentados exclusivamente mães veganas, que não consomem produtos de origem animal, podem não receber a quantidade adequada de vitamina B12. Ou seja, porque o leite materno de mães veganas contém quantidades limitadas dessa vitamina, assim como a quantidade de vitamina que passa pela placenta também é limitada.

 

Saiba mais: Alimentação vegana: 10 alimentos vegetais fonte de ferro

 

Sinais e sintomas da falta de vitamina B12

A deficiência de vitamina B12 pode apresentar uma variedade de sintomas que podem afetar diferentes sistemas do corpo. Alguns dos sintomas mais comuns incluem:

– Fadiga persistente;

– Tonturas;

– Falta de ar;

– Formigamento nas mãos e pés;

- Falta de equilíbrio e nos idosos aumenta o risco de quedas;

– Alterações no humor, como depressão e irritabilidade;

– Constipação ou diarreia;

– Perda de apetite;

– Perda de visão;

– Problemas de memória.

Em casos mais graves, a deficiência de vitamina B12 pode levar a danos neurológicos permanentes.

 

Como é o diagnóstico da falta de vitamina B12?

O diagnóstico da falta de vitamina B12 é realizado com o exame de sangue para medir os níveis de vitamina B12 e de folato (vitamina B9) no corpo. É preciso medir tanto a B12 quanto o folato porque a deficiência de vitamina B12 deve ser diferenciada da deficiência de folato no caso da anemia megaloblástica.

Além disso, os médicos podem solicitar exames adicionais para identificar a causa subjacente da deficiência, como exames para verificar a presença de anemia perniciosa ou outras condições relacionadas.

 

Como tratar a falta de vitamina B12 e em quais alimentos encontrar?

O tratamento da deficiência de vitamina B12 inclui a administração de suplementos, que podem ser prescritos pelo médico. Além disso, ajustes na dieta podem ser necessários, incluindo a incorporação de alimentos ricos em vitamina B12.

Alguns exemplos de alimentos que são boas fontes de vitamina B12 incluem:

– Carne vermelha magra;

– Fígado bovino;

– Frango;

– Peixes como salmão e atum;

– Ovos;

– Leite e derivados, como queijo e iogurte;

– Levedura nutricional fortificada;

– Banana;

– Pão integral;

– Peru;

– Morango cru;

– Feijão;

– Espinafre.

Para aqueles que seguem uma dieta baseada em plantas, alimentos fortificados, como cereais e produtos à base de soja, por exemplo, são opções viáveis para aumentar a ingestão de vitamina B12.

 

Leia também: Como o preparo dos alimentos pode alterar seu valor nutricional e dicas para preservar

 

Dose diária recomendada para ingestão de vitamina B12

A recomendação de ingestão para suprir a falta de vitamina B21 varia conforme a idade. Sendo:
 

Lactentes

– Entre zero e seis meses de vida: 0,4 mcg.

– Entre sete e doze meses de vida: 0,5mcg.

 

Crianças

– De um a três anos: 0,9 mcg.

– De quatro a oito anos de idade: 1,2 mcg.

 

Homens e mulheres

– Entre nove e 13 anos: 1,8 mcg.

– Acima de 14 anos: 2,4 mcg.

 

Gestantes

– De 19 a 50 anos: 2,6 mcg.

 

Mulheres amamentando

– Entre 19 e 50 anos: 2,8 mcg.

 

Veja: Alimentação saudável para crianças: 10 dicas para o seu filho comer melhor

 

Agora que você compreende a importância da vitamina B12 e sua influência sobre a saúde, é essencial garantir uma ingestão adequada. Neste sentido, a busca por um acompanhamento nutricional se torna fundamental para garantir a ingestão suficiente e evitar a falta de vitamina B12.

Apenas um nutricionista qualificado pode fornecer orientações personalizadas sobre como incorporar fontes de vitamina B12 na dieta. Isso é crucial principalmente para indivíduos com restrições alimentares, que precisam de um planejamento cuidadoso para atender às suas necessidades nutricionais. Além disso, um nutricionista pode oferecer estratégias específicas para melhorar a absorção dessa vitamina essencial pelo organismo.

Investir na saúde por meio de uma abordagem nutricional adequada é um passo fundamental para promover o bem-estar a longo prazo e garantir uma vida saudável e plena.

 

Confira: O que é mais importante, qualidade ou quantidade de alimentos?

Veja outras dicas nutricionais e de saúde no blog Care Plus +.